• contato@trend2box.com
  • Horário de atendimento: 09h-18h

Como identificar uma marca sustentável e evitar o Green Marketing

Por: Barbara C. Brugnolli

Que a indústria têxtil é a segunda maior poluente do mundo, você com certeza já sabe. Mas você sabia que nós como consumidores somos responsáveis por isso também?

Nossos hábitos de consumo mostram às grandes corporações o que o mercado vende. Se a busca por itens mais baratos e a grande demanda de consumo só aumentar (lei da oferta e procura) infelizmente o planeta sofrerá consequências cada vez mais drásticas e irreversíveis.

E o que podemos fazer para mudar esse cenário?

A sustentabilidade vem cada vez mais sendo pautada não só em fóruns econômicos e políticos, mas na Moda também. Os millenials e as novas gerações já possuem um perfil com maior preocupação e responsabilidade ambiental/social.

O mercado second-hand está constantemente em expansão, e devido à pandemia causada pelo COVID-19, esse mercado triplicou. Grandes marcas estão investindo em alternativas sustentáveis em sua cadeia de produção. Devemos sim encontrar e reconhecer marcas de moda que são genuinamente sustentáveis, mas isso não vem sendo uma tarefa fácil, devido ao grande “Marketing Verde.”

Se você está se perguntando a definição desse termo, vamos ao exemplo:

Uma marca de fast-fashion conhecida por empregar trabalhadores em situações análogas à escravidão, além de toda sua cadeia produtiva gerar grande impacto no meio-ambiente, vender produtos com preços super elevados em relação ao custo de produção, lança uma coleção de peças sustentáveis. Sabendo dessas condições em sua cadeia de produção, faz sentido o marketing da marca promover a sustentabilidade? A empresa realmente está comprometida a adotar práticas que contribuem para a preservação ambiental ou visa apenas alcançar lucro?

Mike Schragger, Diretor e Fundador da Sustainable Fashion Academy (SFA) afirma:

“Para uma marca ser 100% sustentável é necessária a garantia de que seu modelo de negócios seja totalmente circular e renovável, que seus trabalhadores tenham condições de trabalho e salários justos.”

Partindo desse conceito, as marcas e empresas de moda precisam investir e analisar a sustentabilidade em toda sua cadeia produtiva.

E nós, como consumidores, devemos nos atentar e seguir os seguintes tópicos:

Fonte: vai-ko.com
Fonte: vai-ko.com

Agora que você já sabe mais sobre o necessário para que uma marca seja considerada ecológica, conte nos comentários se vocês conhecem alguma que pratica essa ação e vamos juntos construir uma moda mais sustentável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FOLLOW US

NEWSLETTER

Receba novidades em seu email