Brazilcore a tendência fashion do momento

Quem tem rede social com toda a certeza já deve ter visto essa tendência ou ouvido falar a respeito do termo “Brazilcore.”

Mas o que exatamente ele significa?? Vou te contar! 

Estamos vivenciando uma forte tendência fashion baseada nas cores da nossa bandeira e na estética da periferia brasileira, graças aos influenciadores internacionais do tik tok que começaram a usar nossas cores em suas produções. 

Em outras palavras, é o jeitinho brasileiro em roupas e acessórios trabalhados, sobretudo, no azul, verde e amarelo!

Apesar de ser muito divertida e incentivar a paixão dos brasileiros daqui e de fora do país, essa tendência vem carregada de polêmicas políticas e marginalizações, trazendo consigo a essência, o “core” da retomada ao centro, do resgate às cores da nossa nação e faz despertar o desejo pela construção de looks criativos e patriotas para torcer, curtir e fotografar muito nessa copa.

Afinal, não tem como falar de Copa do Mundo sem falar no Brasil do futebol!

Características do Brazilcore

Ok, entendido até aí, certo?! Agora vou te contar um pouco mais sobre as características dessa trend!!

De maneira bem sucinta, a gente combina as cores da bandeira nos looks sem medo de ser feliz. Quanto mais vivo o look mais Brazilcore! 

E, simm, desde aquela calça alfaiataria até o queridinho chinelo Havaiana cabem muito bem nessas produções.

Agora que você já sabe um pouco da história dessa tendência, que tal montar o seu look Brazilcore e se divertir torcendo para o nosso país?

Faça uma visita nas lojinhas da Trend2Box!

Bolsa Baguete

Ainda posso investir nela?

Lembra desse modelo de bolsa? Quanto sucesso!!

Mas se você pensa que esse sucesso ficou no passado, está muito enganada!

A bolsa baguete voltou à moda, ou melhor, acho que nunca saiu dela rsrs, repaginada e com o mesmo aspecto retrô ela continua fazendo a nossa cabeça e compondo looks incríveis e muito descolados.

Acessório que nasceu nos anos 90, criado pela Fendi e popularizado por meio da série Sex And The City, virou febre total e depois disso nunca mais parou de virar tendência.

A inspiração para o seu nome e modelo veio justamente da forma com que os franceses carregavam os pães: embaixo do braço rsrs 

Por ser pequena, ela é muito versátil, pois se adapta a diversas ocasiões e possui o tamanho perfeito para você carregar as coisas do dia a dia, como o celular, batom e uma carteira pequena.

Desde 2019, o estilo vintage invadiu o closet da mulherada e, se quer mesmo saber se ainda pode investir em uma baguete estilosa, dá só uma olhadinha nessas inspirações que separamos para você usá-la com muita elegância.

Aqui na Trend2Box você encontra opções lindas desse modelo para harmonizar ainda mais os seus looks.

Bolsa Coach Hand Preta
Bolsa Louis Vuitton Looping Monogram Marrom
Bolsa Tod’s Retangular Rosa 

Como o brechó pode colaborar com a sustentabilidade?

Afinal ser sustentável nunca vai sair de moda!

Bem pelo contrário, essa é a moda que mais tem feito adeptos fiéis por aí. Quanta felicidade!!

Você sabia que o brechó pode ser o seu primeiro passo para uma vida mais sustentável?

Imagina você que apenas 20% do lixo de roupas é coletado para reuso e reciclagem, enquanto o restante vai parar em aterros sanitários ou é incinerado. 

Porém, antes disso é preciso falar que por trás de cada uma dessas peças, ao serem produzidas, existe um desgastante processo de produção que consome inúmeros recursos naturais e gera uma imensidão de resíduos poluentes despejados no nosso querido meio ambiente.

Sendo assim, quando compramos uma peça de roupa, existe uma série de ações sustentáveis por trás, olha só:

  • resgatamos uma peça antes de ela virar lixo e poluição;
  • evitamos material de difícil decomposição no meio ambiente;
  • menos roupas serão produzidas nas fábricas têxteis e
  • menos substâncias tóxicas serão despejadas na natureza.

A moda sustentável, por meio dos brechós e da oferta de peças de boa qualidade e uso prolongado, enxerga cada vez mais a necessidade de engajar os consumidores cujas atitudes estejam ligadas ao consumo consciente.

E lembra sempre: o mercado se baseia na demanda, portanto, se ela diminuir, menos peças serão fabricadas.

História da marca: Balenciaga

A cara da moda!

Dior dizia que ele era o mestre dos mestres, Coco Chanel falava que ele era o verdadeiro costureiro e Hubert de Givenchy resumiu tudo quando falou que “Balenciaga é a minha religião”.

Cristóbal Balenciaga, o arquiteto da moda, começou muito jovem, logo aos 13 anos foi contratado pela Casa Gomes alfaiataria após um estágio onde se destacou na profissão. Aos 22 anos, já muito expert no mundo da moda, abre o seu próprio atelier em 1917 e, no ano seguinte, lança a sua primeira coleção. Agora pasmem: em meio à I Guerra Mundial!

Tá, mas porque arquiteto da moda?

Balenciaga tinha o costume de viajar para Paris e comprar roupas de outros costureiros e estilistas para desmontá-las e tentar descobrir qual era a metodologia usada e como elas eram feitas. Somado ao seu enorme apuro técnico, esse exercício só fazia aumentar a sua expertise, o que o transformou em um verdadeiro arquiteto da moda.

Com o dom de esculpir as peças, Cristóbal possuía uma forma muito ousada de construir suas silhuetas, pois, qualquer que fosse o tecido ele o transformava na forma que queria, cheio de dobras e volumes.

O curioso é que ele não desenhava croquis e sim, montava suas peças usando a técnica de moulage, onde as roupas eram produzidas diretamente no corpo do manequim e a sua preferência era por tecidos pesados e encorpados assim como o shantung.

Mais um de seus diferenciais era a sua fissura por detalhes nas costas (decotes, laços, babados) e também  nas mangas de suas peças. Ele amaaava, e há quem diga que começava a construir suas roupas pensando nas mangas.

Grande parte de suas inspirações veio da cultura e dos artistas espanhóis como, por exemplo, as roupas das dançarinas de flamenco e as vestimentas dos toureiros, tudo sempre com muito volume e babado.

Em 1968 Balenciaga toma a iniciativa de fechar sua maison e, quatro anos após se aposentar, ele falece na Espanha.

Anos mais tarde a marca renasce nas mãos de Nicolas Ghesquière que a coloca novamente no topo da moda.

All Jeans

Um look fácil e muito chic. Tendência que de passageira não tem nada!

A peça mais democrática que, com certeza, ocupa um lugarzinho querido no guarda-roupa de todo mundo também merece ser combinada com ela mesma, você concorda?

Calça e camisa, macacão, vestido, seja qual for a combinação, esse visual fica muito estiloso e não é de hoje que a tendência bomba pelo mundo afora.

Vou te contar porque all jeans é um look tão fácil. 

Sabe aqueles dias que você está sem ideia ou inspiração do que vestir? Pois então, essa é a oportunidade de você montar uma produção poderosa e sem pensar muito em combinações e texturas, somente jogar suas peças de jeans e sair arrasando por aí.

Vai por mim, esse tipo de look é muito prático e versátil!

Vamos dar uma espiada em 3 propostas que estão bombando nessa temporada?

Calça wide leg ou pantalona combinada com jaqueta jeans cropped formam um look super descolado.

Macacão jeans que você pode usar com tênis fazendo uma combinação confortável e despojada.

Ah os vestidos!! Aquela peça feminina que, quando em jeans, acrescenta um ar descontraído e informal e você ainda pode usar e abusar da segunda peça e dos seus acessórios preferidos.

Aqui na Trend2Box  você encontra diversas opções de peças jeans para montar seu all jeans arrasador!

Como usar bota o ano todo?

Afinal, bota combina com o quê?

Para quem pensa que bota é sinônimo de inverno, nós vamos desmistificar esse pensamento.

Claro que existe um tipo de bota para cada temperatura, por isso, vamos te mostrar quais modelos cabem nos dias quentes e os que só dão certo em dias frios para você se vestir com muito estilo, elegância e personalidade em todas as estações.

Então, se você procura por stylings diferenciados, independente do clima ou da ocasião, não deixe esse calçado guardado em nenhuma estação.

Mas, botas em dias quentes?

Suuper pode, espia só!

Use sem medo as botas de cano curto: com salto, sem salto, lisas, com tachinhas, estampadas, maaaas procure deixar as forradas e com pelinhos para os dias de inverno.

Preparada para montar o seu look? 

Short curto estilo boyfriend combinado com blusas fluidas ou batas soltas bem fresquinhas e despojadas e uma botinha cano curto. Um arraso, não é mesmo!? E, como terceira peça, você pode jogar um coletinho ou, se o tempo está fresquinho, é só atirar um kimono ou um blazer com as mangas dobradas. Ahh, é muito estilo!!

Bora para mais uma opção? 

Vestidos leves e soltinhos que podem ser curtos ou longos combinados com botas estilo country, summer boots e as maravilhosas ankle boots. E os tecidos dos vestidos? A resposta aqui é: versatilidade! Brinque com rendas, tricoline, algodão, crochê e jeans, todos eles funcionam muito bem com botas.

Adoramos dizer que não existe certo nem errado, o importante é você aproveitar ao máximo o seu guarda-roupas. Otimize suas peças e ande estilosa por aí de janeiro a janeiro!

MODA ANOS 90

Tem coisas que não saem de moda nunca!

A grande verdade é que elas vão e vêm rsrs. Ainda bem, né?!

A moda dos anos 90 sempre foi repleta de tendências incríveis, como estampas interessantes e peças oversized. Não há dúvidas que essa década marcou muito este universo que tanto amamos!

E, como a Trend sabe que você curte moda e adora saber de onde vêm as tendências atuais, nós separamos algumas peças que são sucesso incontestável até hoje, confere só 🙂 

Blusa cropped

Ahhhh não tem como não falar desse assunto, concorda?! São as nossas queridinhas do momento. Estamos falando de uma das peças mais versáteis e facinhas de se usar que, naquela época, já faziam o combo perfeito com as calças de cintura alta e com um blazer como terceira peça.

E, falando nele…

Blazer oversized

Peça grandona que fez e ainda faz a nossa cabeça, esse blazer gigante e com um certo ar masculinizado pode ser combinado de várias maneiras proporcionando um charme diferenciado em qualquer look. Não tem erro!

Bolsa baguete

Criada pela casa Fendi, esse acessório atemporal e muito funcional que marcou presença no visual da mulherada no final da década de 90, mais uma vez se torna tendência atual e pode ser usada de forma super descolada por cima de blazers, vestidos, suéteres e porque não casacos e jaquetas

Pequena e alongada, ela dá aquele tchan no seu look!

Se inspire na Trend!

Clique para comprar abaixo <3

DIA MUNDIAL DO SECOND HAND

A sustentabilidade além de ser moda, é uma forte tendência.

Não é de hoje que a sustentabilidade deixou a categoria de simples palavra da vez para se tornar uma das maiores tendências de consumo consciente.

E, já que estamos falando nisso, você já ouviu o termo SECOND HAND?

Criada nos Estados Unidos, essa expressão significa SEGUNDA MÃO e é utilizada para explicar que produtos que um dia foram seus podem continuar fazendo história nas mãos de outras pessoas.

Aqui, no nosso país, o second hand é posto em prática tanto em lojas de brechós quanto dentro de marcas onde além das peças novas os clientes também têm a oportunidade de adquirir peças semi-novas e usadas. 

É a evolução consciente em busca de um planeta mais feliz!

De um tempo para cá, ser sustentável virou uma filosofia de vida, pois tudo o que você veste causa muito impacto, afinal uma simples peça de algodão pode levar de 10 a 20 anos para se decompor, e um tecido sintético demora de 100 a 300 anos para completar sua decomposição.

Comprar produtos de segunda mão, além de incentivar o consumo consciente, é a forma mais simples de fazer a moda circular, contribuir para a preservação do meio ambiente e, ainda assim, garantir produtos de extrema qualidade. 

E te conto mais: hoje em dia, ao receberem as peças, os brechós fazem uma curadoria para avaliar se elas estão em condições de habitar o seu guarda-roupa. Isso se chama seleção de qualidade!

O mundo e a natureza imploram por uma mudança de comportamento e, neste Dia Mundial do Second Hand, é importante lembrar que ressignificar as peças usadas é um ato de revolução e reflexão.

Vamos fazer a moda do futuro acontecer?

Gucci – uma marca associada a elegância e estilo

Chique e pop!

Guccio Gucci, porteiro do hotel Savoy, em Londres, na década de 1890, era apaixonado por ver as malas chiquérrimas e super bem trabalhadas dos hóspedes que chegavam no hotel.

Tempos depois ele começou a trabalhar em uma empresa que fabricava vagões dormitórios de trem e com eles fazia muitas viagens pela Europa, e claro, sempre de olho nas bagagens!

Em 1902, Gucci foi trabalhar em uma empresa que confeccionava artigos em couro e ali foi conhecendo muito a respeito do ofício e do que era uma boa matéria-prima.

E, com todo esse know how que ele adquiriu, em 1920 estava preparado para abrir a GUCCI, sua primeira loja que, inicialmente, somente revendia artigos de couro, tanto italianos, quanto ingleses e alemães que passavam pela sua curadoria.

Mais para frente ele monta a sua oficina, onde aceita encomendas e pequenos reparos e, logo em seguida, cria a sua primeira linha de produtos em couro.

Dos seus 5 filhos, Guccio colocou os 3 homens para tocar o negócio consigo, um deles Aldo
Gucci, muito criativo e inspirado numa de suas paixões, o mundo dos cavalos, criou alguns símbolos icônicos da marca, como a famosa bolsa de bambu e as fivelas em formato de estribos que ornamentam os maravilhosos mocassins da marca.

Após a morte do pai, na década de 60, os filhos abriram filiais da marca em Paris e em Los Angeles, e com isso também nasceram alguns novos produtos, como a enlouquecedora bolsa jackie, em homenagem a Jacqueline Kennedy, pois era a bolsa que ela mais amava. 

Nessa década também nasceu a clássica estampa Flora que ilustra lenços, bolsas, cintos e roupas, e também os dois “GG” símbolo consolidado da marca.

Hoje em dia, em seus desfiles, a Gucci incentiva a moda sem gênero com satisfação em ter transformando-a numa marca pop.  

O QUE É MODA CIRCULAR?

Tendência apontada e sugerida para a sobrevivência da indústria da moda em um futuro próximo.

Quando pensamos em sustentabilidade, nada mais justo aderir a este pensamento: “bora fazer a moda circular?”

Aquilo que eu usei e cuidei tanto durante um tempo, agora não faz mais sentido para mim, porém, pode muito bem fazer um mega sentido para você, concorda?

Mas não é só isso! Fazer a moda circular vai além do que vender ou trocar peças usadas, ela precisa, antes de tudo, conscientizar desde a raiz.

A sustentabilidade na moda traz muitas reflexões a respeito do que vai acontecer com o futuro dessa indústria e tende a acelerar movimentos e conduzir cada vez mais adeptos engajados nessa causa. Oba!!
Rever a produção de forma que a sazonalidade seja cada vez menor e que de fato os produtos tenham durabilidade e longevidade através da seleção das matérias-primas e da promessa de cada um para que o consumidor consiga usar mais vezes a mesma peça e não descartá-la por falta de qualidade.

Por conta disso, podemos dizer que “moda circular” é o ciclo de vida de um produto.

Nesse sentido, é importante lembrar que as possibilidades de consumo inteligente também começam a surgir com os brechós online onde a tendência é a reeducação, o desprendimento, o desapego e a redução.